quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Defesa Civil Nacional lança a segunda edição do Anuário Brasileiro de Desastres Naturais

O material consolida os principais dados de desastres naturais do Brasil
Brasília-DF, 22/10/13 - O Ministério da Integração Nacional, por meio da Secretaria Nacional de Defesa Civil, lança, nesta terça-feira (22), o Anuário Brasileiro de Desastres Naturais 2012. A publicação reúne importantes informações sobre desastres naturais do país referentes ao ano passado, como a caracterização geográfica das cinco regiões brasileiras, que inclui aspectos de clima e vegetação, e o perfil dos desastres, desde a seca até inundações e vendavais.
O primeiro anuário lançado foi o referente a 2011. De acordo com o diretor do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), Rafael Schadeck, a edição de 2012 passou por um processo de melhoria que, segundo ele, deve ser contínuo. "Ela já apresentou alguns avanços, detalhes que percebemos que poderiam ser melhorados de um ano para o outro. Tivemos avanços, por exemplo, na consistência dos números", explica ele.
O anuário servirá de material de pesquisa para o meio acadêmico, governos e órgãos que lidam diretamente com desastres naturais. "As informações, as tabelas e os mapas estão melhorando, então ficará de forma cada vez mais clara a quem tiver utilidade dos dados. Até poucos anos atrás, a gente não havia nenhuma referência, nenhum banco de dados em nível nacional. A gente tinha esforços pontuais, mas não uma base de dados consolidada", relata Schadeck.
Por meio das informações contidas no anuário é possível saber o número de pessoas desalojadas, desaparecidas e até mesmo a quantidade de óbitos decorrentes de cada tipo de desastre natural. 

Defesa Civil Nacional prepara cidades-sede para Copa do Mundo de 2014

Agência de cooperação alemã compartilhará experiências com as defesa civis brasileiras
Brasília-DF, 23.10.2013 - De olho nos preparativos para a Copa do Mundo de 2014, o Ministério da Integração Nacional, por meio da Secretaria Nacional de Defesa Civil, promoverá, nesta quinta-feira (24), em Curitiba (PR), um workshop para treinar os profissionais de defesa civil das 12 cidades-sede do mundial - Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. O objetivo do evento é preparar ações de mitigação, preparação e resposta a desastres, específicas para os jogos.
workshop é organizado com a participação da GIZ, agência de cooperação alemã que fez parte do planejamento para as copas da Alemanha e da África do Sul - e em parceria com a Defesa Civil do Paraná.  Quatro membros da defesa civil alemã também participarão do encontro com os representantes brasileiros e 60 pessoas serão capacitadas no treinamento.
O diretor de minimização de desastres do Ministério da Integração Nacional, Armin Braun, afirma que as ações de defesa civil são calcadas principalmente no planejamento e na redução dos riscos. "A experiência dos alemães nos mostra que, se trabalharmos preventivamente, com antecipação, conseguiremos minimizar danos humanos e perdas em uma possível ocorrência de desastre", explica ele.
Segundo o diretor, o Brasil deve estar preparado para agir no caso de emergências. "Oworkshop abordará ações de prevenção de desastres, sejam eles de origem tecnológica ou de origem natural, potencializando a prevenção para esse período da Copa do Mundo, visto que o fluxo de pessoas nas cidades-sede será muito grande", pontua. Para o mundial de 2014, são esperadas mais de três milhões de pessoas.
O papel da defesa civil foca na prevenção, incluindo a gestão e minimização de riscos. "Em uma resposta a um desastre, no cenário onde múltiplas agências atuarão e trabalharão, a defesa civil opera em conjunto com essas atores, coordenando todos os esforços para evitar perdas humanas", complementa o diretor.

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Defesa Civil recebe material informativo de Prevenção!

Esta Semana a Defesa Civil de Cachoeira do Sul-RS, recebeu da Secretária Nacional de Defesa Civil , material informativo para ser usado em Escolas principalmente no trabalho de divulgação da Defesa Civil e orientações sobre Prevenção em caso de Emergência, o trabalho de Divulgação nas escolas faz parte do Programa Nacional de Prevenção a desastres Naturais, realizado pela Defesa Civil Nacional SEDEC, o material será usado pelos Agentes de Defesa Civil com alunos nas Escolas da cidade. 

Defesa Civil Cria Kit de Prevenção

A coordenadoria de Defesa Civil Criou o Kit de Prevenção de socorro no caso de destelhamento em residencias quando tem um evento adverso como vendaval,chuva ou granizo, o kit contém lona e material para fixar a mesma, tal kit será usado somente em caso de urgência ou emergência quando for solicitado a COMDEC.

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Notícias
Por todo o país, atividades marcam a Semana Nacional de Redução de Desastres
O objetivo do evento é estimular a orientação à população sobre o risco de desastres naturais
 
Brasília, 07.10.13 - Em comemoração à Semana Nacional de Redução de Desastres, o Ministério da Integração Nacional, por meio da Secretaria Nacional de Defesa Civil, está intensificando nos estados e municípios o incentivo à promoção de ações que aumentem o senso de percepção de risco na sociedade brasileira. Criado em 2005, o evento é celebrado sempre na segunda semana do mês de outubro.

Cristianne Antunes, do Departamento de Minimização de Desastres do ministério, explica que, durante este período, todas as atividades organizadas estarão voltadas à população. "O objetivo é que os moradores percebam o risco de desastres e passem a identificá-lo. Os destaques durante a Semana são as ações que movimentam a comunidade e contribuem para que ela atue na percepção de ameaças e na busca de medidas que garantam sua segurança", explica.
 
Programação - Em Santa Catarina, por exemplo, será realizado o -Seminário Internacional para Redução de Riscos de Desastres', evento elaborado em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar do estado, que também promoverá o -Seminário Internacional de Busca, Resgate e Salvamento com Cães'. Já em Pernambuco, reuniões irão abordar a importância das práticas seguras que devem ser adotadas pelos moradores.
 
No Paraná, o cronograma das atividades envolverá eventos como a fiscalização de produtos perigosos e palestras nas escolas. Rondônia oferecerá uma exposição com fotografias de ações realizadas nos diversos municípios do estado. A mostra ocorrerá em um shopping da cidade e pretende levar à população as atividades desenvolvidas pela Defesa Civil Estadual.