terça-feira, 12 de setembro de 2017

AVISO DE ATENÇÃO

AVISO METEOROLÓGICO


A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil de Cachoeira do Sul recebeu do INPE-CPTEC o Aviso Meteorológico 1254 com chuvas intensas e com acumulados expressivos  nesta quarta-feira, dia 13/09/2017, para Cachoeira do Sul e região
 
O Aviso é de Atenção, trazendo risco moderado para ocorrência de fenômeno meteorológico adverso dentro das próximas 72 horas. Acompanhe com mais frequência às atualizações da previsão do tempo, pois você poderá necessitar mudar seus planos e se proteger dos eventuais impactos decorrentes de tempo severo. Siga as eventuais recomendações da Defesa Civil e das demais autoridades competentes. 


A Defesa Civil pede que a comunidade adote medidas preventivas como verificação, limpeza e manutenção de drenagens, bueiros e calhas. Atenção quanto a acumulo de resíduos, não passar em ruas, pontes e passarelas submersas. Em caso de emergência entre em contato com a Defesa Civil pelos telefones (193) Corpo de Bombeiros ou (51) 997732913 – Defesa Civil Municipal.

domingo, 27 de agosto de 2017

AVISO DE ATENÇÃO PARA FENOMENO METEOROLÓGICO

AVISO DE ATENÇÃO PARA FENOMENO METEOROLÓGICO


A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil esta monitorando as condições climáticas e repassa a comunidade os avisos de atenção do INPE e Climatempo.

  


Em caso de emergência entre em contato com o Corpo de Bombeiros 193 ou Defesa Civil (51) 997732913.

 

CENTRO DE PREVISÃO DE TEMPO E ESTUDOS CLIMÁTICOS - CPTEC:

Aviso de Atenção - Há risco moderado para ocorrência de fenômeno meteorológico adverso dentro das próximas 72 horas. Acompanhe com mais frequência as atualizações da previsão do tempo, pois você poderá necessitar mudar seus planos e se proteger dos eventuais impactos decorrentes de tempo severo. Siga as eventuais recomendações da Defesa Civil e das demais autoridades competentes. 
 
http://tempo1.cptec.inpe.br/cidades/previsao.do?parameter=tempo&id=1078
 

CLIMATEMPO

O Climatempo alerta para o risco de temporais no Rio Grande do Sul: confira as informações abaixo:

Nuvens carregadas associadas a um sistema de baixa pressão atmosférica no interior do continente, estão se formando e são reforçadas pelo fluxo de ar quente e úmido vindo do Norte do país e por uma frente fria em alto-mar.

 

Chove desde cedo no Rio Grande do Sul e a chuva se estende ao longo do dia. Há risco para temporais, com raios, ventania e queda de granizo. As áreas mais atingidas serão o oeste, noroeste e região central.
 

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

ALERTA FORTES CHUVAS E RAJADAS DE VENTO

ALERTA FORTES CHUVAS, RAJADAS DE VENTO  E QUEDA DE TEMPERATURA

A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil vem através deste comunicar a comunidade de Cachoeira do Sul e Região para alerta recebido da Defesa Civil Estadual  para o risco de CHUVAS FORTES COM RAJDAS DE VENTOS ENTRE 70 E 90 KM/H neste sábado dia 19 para a o Estado do Rio Grande do Sul.

Em caso  de emergência acione a Defesa Civil (51) 37222000 (51) 997732913
Segue abaixo o alerta:

A chegada de uma frente fria e a formação de áreas de instabilidade vão provocar uma grande mudança no tempo no Sul do BrasilO alerta é para o risco de temporal em toda a Região.

Neste sábado (19), muitas nuvens vão se formar pelo interior do Rio Grande do Sul logo cedo aumentando no decorrer do dia com previsão de chuva forte a qualquer hora. No oeste de Santa Catarina e do Paraná, o dia começa debaixo de chuva, inclusive em Foz do Iguaçu. A frente fria é continental, clássica e bem organizada, típica desta época do ano, dizem os meteorologistas.

A medida que este sistema avança rápido todos os estados terão um sábado com tempo bastante carregado com chuva forte e grossa por causa da formação destas novas áreas de instabilidade. Os ventos também vão soprar mais fortes com rajadas entre 70 e 90 km/h no fim do dia para o Rio Grande do Sul.

No domingo (20), o norte gaúcho, oeste do Paraná e de Santa Catarina amanhecem com chuva, mas depois a tendência é de diminuição da instabilidade. As demais áreas catarinenses e paranaenses ainda terão um dia chuvoso e frio. Ainda pode ventar forte com rajadas até 90km/h na costa gaúcha e catarinense, podendo ultrapassar os 100 km/h na serra.

No centro sul gaúcho e áreas de fronteira com a Argentina, o dia começa sem chuva, mas o frio aumenta. O ar polar de intensidade moderada que acompanha a frente fria entra com força e derruba a temperatura. A noite de domingo será bastante fria e as menores temperaturas poderão ser observadas, especialmente no Rio Grande do Sul.

Geada
Na segunda-feira (21), ainda por causa da presença do ar polar sobre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina o amanhecer será gelado com previsão de geada fraca a moderadaem áreas de Bagé (RS), Santa Maria (RS), Passo Fundo (RS), Caxias do Sul (RS) e Campos Novos (SC).  

O vento úmido que sopra do mar favorece a formação de muitas nuvens no centro-leste de Santa Catarina e do Paraná. Pode garoar na Grande Curitiba e no litoral do Paraná. O sol predomina e não chove nas demais áreas.  

Amanda Sampaio | Departamento de Comunicação & Eventos
11 3736-4518 | 11 3736-4501 | 


domingo, 13 de agosto de 2017

ATUALIZAÇÃO DEFESA CIVIL DE CACHOEIRA DO SUL

ATUALIZAÇÃO
DEFESA CIVIL DE CACHOEIRA DO SUL

A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil vem através deste atualizar a situação do município de Cachoeira do Sul em relação as fortes chuvas que estão atingindo o Estado do Rio Grande do Sul.

INTERDITADA - Ponte Parada109 – Rincão dos Kämpf – Ferreira -  A ponte provisória realizada sob a ponte destruída na inundação de junho caiu devido  as fortes precipitações pluviométricas que elevaram o nível do Arroio Ferreira. Com isto os moradores terão que utilizar um desvio pela Ferreira. A Defesa Civil informou na noite de sábado a CORSAN solicitando o reestabelecimento do abastecimento de água potável.



RIO JACUÍ: O Rio Jacuí esta subindo e atingiu na manhã deste domingo o nível de 18,45 m, sendo 0,45 cm acima do nível normal, subindo 0,6 cm por hora ganhando velocidade, no sábado o Rio Jacuí subia 2 cm/h. Nas últimas 12 horas registrou-se 55 mm de precipitação pluviométrica na Barragem do Fandango.

PLUVIÔMETROS AUTOMÁTICOS:

Vila Piquiri 103 mm nas últimas 24h

Três Vendas 81,2 mm nas últimas 24h


Em caso de emergência ligue 193 Corpo de Bombeiros – (51) 997732913 Defesa Civil

http://defesacivilcachoeira.blogspot.com.br/




PONTE DA PARADA 109 ESTA INTERDITADA

ATENÇÃO
PONTE DA PARADA 109 É NOVAMENTE INTERDITADA PELA DEFESA CIVIL

Devido ao as fortes precipitações pluviométricas o nível do Arroio Ferreira subiu rapidamente e derrubou a estrutura da ponte antiga já comprometida rompendo o cano de água que abastece a comunidade. Como a ponte provisória esta suspensa através da cabeceira e as mesmas estão muito úmidas pode ocorrer um deslizamento de terra derrubando o tabuleiro da ponte a Defesa Civil decidiu pela interdição do trânsito no local até que uma equipe da Secretaria Municipal do Interior possa fazer uma avaliação no local. Com isto os moradores terão que utilizar um desvio pela Ferreira.

Ainda na noite de sábado a Defesa Civil informou este dano ao Diretor da SMIT e ao Plantão da CORSAN sobre o fato para que haja dentro do possível o reestabelecimento do serviço de abastecimento de água potável e liberação ou não do acesso pela Ponte.

O local foi sinalizado  de ambos os lados da Ponte a Defesa Civil pede que seja respeitada a sinalização e não utilizem a ponte para travessia por precaução.

A interdição ocorreu na noite de sábado atendendo a chamado de moradores uma Equipe da Defesa Civil de Cachoeira do Sul, se deslocou até a Ponte da Parada 109, na Estrada de acesso do Rincão dos Kampf, Distrito de Ferreira, prolongamento da Av. Martinho Lutero, Zona de Expansão Urbana de Cachoeira do Sul, coordenadas 30º 02’ 19” S    - 52º 56’ 04” O.

A Ponte da Parada 109, foi destruída durante a Inundação que teve início em 01 de Junho de 2017, sendo interditada pela Defesa Civil. Equipes da Secretaria Municipal do Interior realizaram uma travessia provisória para veículos leves enquanto aguardam análise do Plano de Trabalho de Protocolo n° REC-RS-4303004, no qual o município solicita ao Ministério da Integração Nacional recursos para reconstrução de uma ponte no local sendo a devida reconstrução uma Ponte de Concreto.


sábado, 12 de agosto de 2017

ALERTA N° 1433 – CENTRO NACIONAL DE ALERTA E MONITORAMENTO DE DESASTRES NATURAIS – CEMADEN

ALERTA N° 1433 – CENTRO NACIONAL DE ALERTA E MONITORAMENTO DE DESASTRES NATURAIS – CEMADEN

Risco Moderado de Inundação no Município de Cachoeira do Sul

A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil de Cachoeira do Sul, recebeu neste sábado dia 12 de Agosto de 2017, alerta emitido pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais, CEMADEN para o risco MODERADO de Inundação no Município de Cachoeira do Sul.

A Defesa Civil esta em alerta e monitorado o nível do Rio Jacuí e o volume de chuva através dos pluviômetros automáticos instalados no Município. O Rio Jacuí esta com 17,75 m às 17H, subindo em média 2 cm/h, lembrando que o nível normal do Rio Jacuí é de 18,00 m e que para atingir as primeiras residência deve atingir 23,00 m. Mesmo com o nível abaixo do normal o volume de chuva é alto portanto retransmitimos este alerta.
Em caso de emergência entre em contato pelos telefones 193. Corpo de Bombeiros ou (51) 997732913.  

SEGUE ABAIXO O ALERTA N° 1433


Bom dia/noite,

Encaminha-se o ALERTA N.º 1433 do dia 12/08/2017 20:01:05 Atualização 00, enviado pelo CEMADEN a este CENAD, reportando Risco de Inundação - Moderado no Município de RS - Cachoeira do Sul, neste Estado.

Recomenda-se entendimento das informações técnicas contidas no Alerta e adoção de medidas de preparação de acordo com a situação constatada em campo e constantes no Plano de Contingência Municipal.

Em caso de efetiva ocorrência de desastre ou dúvidas quanto ao Alerta, solicita-se entrar em contato imediato com este CENAD.

Para visualizar o conteúdo do Alerta, acesse:https://s2id.mi.gov.br:/monitoramento/arquivo-email?arquivo.id=uTVH6UFaUj%2FRPe35pTM4sg%3D%3D

Atenciosamente,

Divisão de Monitoramento


PLUVIÔMETROS AUTOMÁTICOS EM CACHOEIRA DO SUL

- Vila Vargas: 70 mm nas últimas 24 h –
-
Três Vendas 60 mm na últimas 24 h –

BARRAGEM PONTE DO FANDANGO

12/08/2017 – 7H - 17,55m


17/08/2017 – 17 H  -17,75 m


ATUALIZAÇÃO DE ALERTA

ATUALIZAÇÃO DE ALERTA
 EMITIDO EM 10/08/2017


Neste sábado dia 12, a área de baixa pressão organiza as instabilidades que devem provocar chuva forte, volumosa, com possibilidade de quedas de granizo e fortes rajadas de vento na maior parte do Rio Grande do Sul. Os maiores volumes de chuva ocorrem entre a metade sul e a metade oeste. No domingo, dia 13, a origem potencial para temporais (chuvas fortes, rajadas de vento e granizo) toma conta de todo o Estado. Sensação de frio por causa do tempo fechado. Na segunda-feira, dia 14, o tempo abre em grande parte do Estado por causa do avanço de uma massa de ar mais seco, que vem na retaguarda da frente fria. As temperaturas diminuem e o frio aumenta, mas sem grande intensidade. As respectivas informações são da Sala de Situação SEMA/RS, enviadas aos municípios pela Defesa Civil do Estado do Rio Grande do Sul.